terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Yumê

O quanto nos é permitido sonhar?

Muitas vezes me pego pensando, imaginando, sonhando acordada com situações que eu gostaria que acontecessem. Imagino o que responderia, o que diria, o que faria.. E se eu ganhasse na loteria? E se eu ganhasse um carro no sorteio?E se eu passasse no concurso? Se o SAC da marca tal me respondesse... Ficar imaginando algumas dessas situações, boa parte das vezes, me faz me sentir melhor.. Outras vezes, quando tá tudo dando errado, me deixam com mais raiva...
O mais chato é quando parte desses sonhos, os possíveis e prováveis, não se realizam.. É extremamente frustrante quando você aposta todas as suas fichas em um projeto, um trabalho.. um sonho.. e ele acaba mal... É muito amargo o gosto o fracasso...
Mas não fique triste... do fracasso podemos tirar várias morais.. Para os fortes, que a busca incessante não vai parar, enquanto você não acordar.. Para os fracos, que a busca incessante não vai parar, enquanto você não acordar, então desista..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não gostou? Reclame aqui.. Se gostou, elogie.. Mas seja educado.