quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Primeiro Post..

O que escrever no meu primeiro post?? Fiquei pensando... Talvez falar sobre mim, ou sobre como sou ou o que gosto, mas acho que seria chato, e por questões óbvias vocês irão me conhecer aos poucos no decorrer dos meus posts.

Resolvi criar este blog, com o mesmo objetivo (acredito eu) que os demais blogueiros, falar sobre a vida, suas alegria, dificuldades e opiniões. Entretanto, nunca fui muito boa em escrever textos ou cartas.. Sempre acabo "fugindo do tema da redação".. As vezes o texto fica bem confuso.. hehehe.. Como estou começando, acredito que com o passar do tempo meu blog vá adquirindo suas próprias características, as quais podem ser bem diferentes dos primeiros posts.. Enfim.. "Vamos ver no que dá.."

Este fim de semana tive o prazer de poder assistir o tão comentado filme "Tropa de Elite", como a maioria, adorei o filme, somente achei ele um pouco "suave" a respeito da violência, pois sempre ouvir que a realidade seria bem pior do que a mostrada no filme. Soube que o filme não foi o escolhido para concorrer ao Oscar, o que achei uma pena, pois tal como "Crash" (o vencedor do Oscar de melhor filme), mostra a realidade dura da violência em uma das mais famosas capitais do país.

Bom, mas sendo indicado ou não, o filme mostra o retrato que ninguém (ou apenas uma pequena parcela da sociedade) não queria ver: que a violência que enfrentamos no dia-a-dia nada mais é que o resultado do comportamento de pessoas de classes mais elevadas e que se consideram "instruídas" ou "intelectuais".

Eu nunca experimentei droga nenhuma, e para ser sincera sempre me orgulhei disso. E muito antes do filme sempre citei propagandas contra as drogas como exemplo, para tentar convencer alguns que eles mesmos estavam "patrocinando" o tráfico de drogas. Eu sempre ouvia "Ah, maconha não é droga.. Devia ser legalizada..." Sendo droga ou não, ela é ilegal, e sendo ilegal somente os traficantes as tem, e cada vez que um usuário compra, ele está patrocinando a compra de uma nova arma para os traficantes.. Ou como diz o capitão Nascimento, quantas crianças mais vamos ter que perder para o tráfico para que certas pessoas possam fumar seu baseado?

E como é retratado no filme, infelizmente alguns desses são "bem nascidos", estudantes, intelectuais.. Infelizmente tive que ouvir de algumas dessas pessoas, sua indignação contra a violência que sofreram ao ter seus anéis, dinheiro e celular roubados, quando que eles mesmos acobertavam amigos que sempre tinham uma "erva" ou uma "bala" para oferecer na balada de toda Sexta-Feira.

Já diz o ditado: "A gente colhe aquilo que planta..."

Um comentário:

  1. ExceniBen http://comprare-cialis.wikidot.com http://buy-suhagra.wikidot.com http://comprare-viagra.wikidot.com ExceniBen

    ResponderExcluir

Não gostou? Reclame aqui.. Se gostou, elogie.. Mas seja educado.